A diretoria da Associação Comercial e Industrial de Marília resolveu criar um programa de visitação pública, seguindo todos os cuidados de saúde pública, para que de forma ordenada grupos previamente criados possam conhecer as novas e modernas instalações da entidade, que investiu em um novo conceito de local de trabalho, através da inteligência artificial, com novos setores, designer moderno e áreas de descontração e atividades sociais. “Remodelamos totalmente aproximadamente mil metros quadrados com uma concepção de vanguarda e conceitos atualizados”, disse o presidente da entidade ao elaborar um programa em que o próprio sistema eletrônico faz a apresentação do novo espaço, com as devidas demonstrações práticas. “Um período em que as pessoas da comunidade poderão conhecer e vislumbrar uma ideia que funciona”, comentou o dirigente.
De acordo com o superintendente da associação comercial mariliense, José Augusto Gomes, grupos serão formados previamente através de contato direto com a secretaria da entidade, e sempre no período das 7h30 as 8h30 as visitações acontecerão sem prejudicar o atendimento público e os trabalhos internos da entidade. “Criamos uma situação descontraída, bem divertida em que os participantes irão gostar, pois, realmente chama a atenção e todos se surpreendem”, falou o dirigente ao apontar o telefone da secretaria da diretoria para os devidos agendamentos: (14) 14 99702-7146 ou então pelo endereço eletrônico: secretaria@acim.org.br. “É preciso respeitar uma série de critérios que são preciso por conta do combate a pandemia, bem como respeitando os limites de segurança e espaço”, disse José Augusto Gomes que já fez algumas apresentações que se mostraram bem interessantes. “E tivemos que pensar numa forma que não afetasse o trabalho do nosso pessoal”, acrescentou ao justificar o horário inicial do dia. “E também não queremos prejudicar o próprio grupo visitante”, comparou.
A reforma da sede da associação comercial mariliense tem como propósito, segundo presidente da entidade, mostrar um conceito moderno na harmonia entre pessoas e máquinas, com foco principalmente no bem estar das pessoas. “A ideia é mostrar que um investimento no ser humano é sempre melhor e mais rentável”, disse Adriano Luiz Martins que esteve em alguns países conhecendo boa parte da tecnologia utilizada na reforma da sede da associação comercial. “Existem muitas situações que a gente vê na televisão ou em filmes, e achamos que não seja possível”, brincou. “Mostramos, na prática, que tudo aquilo lá, além de ser possível está mais próximos de nós do que imaginamos”, disse ao quebrar uma série de paradigmas no sentido de haver problemas ou dificuldades em caminhar uma empresa com esse tipo de concepção na instalação. “Quanto mais preservarmos a saúde e o bem estar dos funcionários, empregadores e público em geral, melhor será para todos”, defendeu ao colocar a sede à disposição dos interessados em conhecer, dentro deste programa criado e recém desenvolvido.
José Augusto Gomes lembra que as obras ainda não terminaram. “Existem algumas áreas que estão em fase final, e ainda temos a reformulação do piso inferior”, lembrou ao sinalizar para a visitação somente na parte superior, estando na inferior os auditórios que passarão, também, por uma reforma generalizada para estar em uso em breve. “Uma outra parte foi locada e em breve iniciaremos as adaptações necessárias para colocarmos os dois auditórios em uso e a disposição dos nossos associados e a comunidade em geral”, disse o dirigente que tem procurado acompanhar os grupos de visitação, por ter acompanhado todos os processos de instalação e por ter mais de 40 anos de atividades na entidade. “É surpreendendo o desenvolvimento de nossa entidade nos últimos 20 anos”, lembra.

Acim Marília inova no Brasil e cria programa de visitação pública