Nos dia 28 de novembro, milhares de estudantes vão encarar as provas do ENEM, para as quais estão se preparando há meses. E é muito comum que uma série de emoções e sentimentos estejam vindo à tona nesta reta final. Mas, como os alunos podem fazer para manter a calma e não deixar o nervosismo tomar conta? Para o Saulo Pereira, historiador e consultor pedagógico do LIV, a primeira coisa a se fazer é se lembrar o quanto você se preparou para chegar até aqui: momentos de estudos, dedicação, simulados, dúvidas resolvidas etc. Ou seja, a maior parte dessa jornada já foi percorrida e é difícil tentar aprender algo novo muito perto da prova.
“Um bom caminho é organizar o que já sabe do conteúdo, como, por exemplo, escrevendo em um papel o que quer fixar na memória, revisitando suas anotações ou assistindo vídeos. Além disso, é importante não esquecer o corpo. Corpo e mente são interligados. Por isso, a minha sugestão é que procure realizar algum tipo de atividade física ou fazer coisas que te tragam prazer. Pode ser um passeio ao ar livre, andar de bicicleta, o que você achar mais gostoso. E é importante ficar atento à alimentação também”, explica Saulo.
E na hora da prova? Como manter a calma diante de tantas questões? E como lidar com surpresas, por exemplo se o tema da redação for completamente diferente do que imaginava? Os especialistas do LIV contam que o primeiro passo é tentar não se apavorar. E, se a ansiedade e o nervosismo baterem, é importante fazer uma pausa e respirar.
“O ENEM é uma prova importante, vai ter ansiedade. E nesse momento as nossas habilidades socioemocionais vão ajudar nesse processo e vão ser cruciais. É importante ter pensamento crítico diante desses mitos que a gente monta a respeito desse momento. Ter criatividade para encontrar soluções práticas diante dos nossos medos. E acima de tudo, precisamos contar com as nossas relações. Às vezes, a gente precisa pedir ajuda, precisa contar um com os outros. Então, tenha isso em mente na hora de lidar com a ansiedade”, alerta Hannah Lima, jornalista e consultora pedagógica do LIV.

O papel das famílias
O ENEM é uma jornada repleta de desafios e que pode gerar muita tensão nos estudantes. E o apoio da família pode fazer toda a diferença para esta preparação. Mas, para que essa relação seja realmente positiva, é preciso entender o que ajuda e o que pode atrapalhar.
“Todo mundo torce pelo bom resultado na prova, não é? Foram tantos planos e tanto investimento nesse adolescente. Mas, um problema muito comum nas famílias é que, muitas vezes, essa preocupação com o bom desempenho acaba se tornando uma pressão exagerada, fazendo com que muitos estudantes se sintam sufocados. Então, como sugestão, sugiro que os pais troquem a cobrança por algum estímulo ou incentivo”, conta Juliana Hampshire, educadora brincante e coordenadora pedagógica do LIV.
Outro ponto é em relação aos horários de estudo. Alguns familiares querem ver sempre os filhos com um livro nas mãos. Para Juliana, isso pode atrapalhar, ao invés de ajudar. “Cada estudante absorve o conhecimento de forma diferente e tem suas particularidades na hora de estudar. Então, ao invés de fazer uma pressão com os horários de estudo, que tal ajudar na elaboração de um cronograma, entendendo o método mais adequado para o aluno se preparar para a prova?”, sugere.

Além disso, é importante que os familiares estejam presentes e abertos para escutar o que o filho tem a dizer. “Oferecer um espaço seguro para que ele possa expressar seus medos, ansiedades e preocupações, sem julgamentos prévios. Isso pode deixar ele mais relaxado e confiante para a realização da prova”, finaliza Juliana.

Dicas práticas para se preparar antes da prova:
• Organização dos conhecimentos, dos temas que já sabe e do que foi aprendido durante todo esse período de estudos;
• Valorização do corpo – fazer exercícios físicos, exercícios de respiração, relaxamento;

• Cuidado com a alimentação – evitar alimentos gordurosos, café, energéticos;

• Coloque o sono em dia – tente dormir, no mínimo, 8 horas por dia;

No dia da prova:
• Comece o dia ouvindo suas músicas preferidas, para ajudar a criar um clima bom e alegre;

• E, o principal, respire fundo e confie em você!

Sobre o LIV – Laboratório Inteligência de Vida
O LIV é o programa que desenvolve o pilar socioemocional nas escolas de todo o Brasil, criando espaços de fala e de escuta para ampliar a compreensão de si, do outro e do mundo. Parte do grupo Eleva Educação, holding que possui a maior rede de escolas de educação básica no Brasil, o LIV engloba todos os anos da educação formal, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. Está presente em 500 instituições de ensino em todo o Brasil, alcançando mais de 190 mil alunos. O programa tem como base um conjunto de referências teóricas que reúne grandes especialistas da pedagogia, psicologia e neurociências, bem como outras áreas do meio acadêmico, e permite às escolas que promovam essas habilidades entre seus alunos de maneira intencional, em atividades com estruturas, feitas de acordo com a faixa etária de cada turma.

Como se preparar emocionalmente para as provas do ENEM?
Especialistas do LIV trazem caminhos sobre o que fazer nos dias anteriores, na véspera e nos dias das provas em si