Para os amantes da música, a sessão de entretenimento hoje traz grandes clássicos e artistas em novas e revigoradas versões.

Belchior

Belchior nos deixou em abril de 2017. É um passado recente – o que, tratando-se dele, não colabora muito, dado o ostracismo no qual imergiu nos último tempo, fugindo de tudo e todos. Mas basta fuçar no fundo do baú para encontrar o talento inconfundível de uma das maiores vozes da MPB. A Warner Music facilitou essa incursão pela obra de Belchior com lançamento de ‘Tudo Outra Vez’, um box com seis álbuns gravados entre os 1974 e 1982 pelos selos Chantecler, Warner e Elektra. São 67 faixas de Belchior (1974), Coração Selvagem (1977), Em Todos os Sentidos (1978), Belchior (1979), Objeto Direto (1980) e Paraíso (1982), além de várias extras e uma inédita – ‘Como Se Fosse Pecado’.

Nação Zumbi

Junte tudo no mesmo disco: ‘Amor’ (1974), de João Ricardo e Apolinário; ‘Ashes do ashes’ (1980), de David Bowie; ‘Balanço’ (1973), de Tim Maia, ‘Do Nothing’ (1980), de Lynval Golding; ‘Dois Animais na Selva Suja da Rua’ (1971), de Taiguara; ‘Não Há Dinheiro que Pague’ (1968), de Renato Barros; ‘Refazenda’ (1975), de Gilberto Gil; ‘Sexual Healing’ (1982), de David Ritz, Marvin Gaye e Odell Brown; e ‘Tomorrow Never Knows’ (1966), de John Lennon e Paul McCartney. Agora adicione, sem moderação, uma pitada de Nação Zumbi. Pronto: está pronto o Radiola NZ, Volume 1. Quer saber como ficou? Confira no Spotify.

Orquestra Petrobrás

Um dos melhores trabalhos da banda carioca Los Hermanos, ‘Ventura’ (2003) ganhou uma releitura da Orquestra Petrobrás Sinfônica. Lançada em CD e DVD, a obra contém todas as faixas do álbum, gravadas em apresentações ao vivo em teatros do Rio de Janeiro, de Porto Alegre e em Portugal, com inevitáveis intervenções do público; e ainda depoimentos de Bruno Medina e Marcelo Camelo, da Los Hermanos e de músicos da orquestra. O trabalho visa um esforço de aproximação da música erudita com o público em geral, que respondeu rápido: um dos shows teve todos os ingressos esgotados em 20 minutos.

Compartilhar no
Vale a pena ouvir o novo!