Viver é um aprendizado contínuo. Quanto mais vivemos, mais queremos viver e bem melhor, contudo, nem sempre acontece, pois, embora saibamos que estamos aqui de passagem para aprendermos e compartilharmos o nosso melhor, não exercemos o controle de tudo, principalmemente em relação à única certeza que temos: a de um dia regressarmos à Morada Eterna.
Assim, com o passar dos anos vamos dando importância ao que é essencial, necessário, vital e deixamos de lado o que é banal, sem importância, superficial.
Aprendemos que realmente o que interessa, tem consistência, valor é gratuito; que estar alicerçado no ser, sempre agrega valor a si, ao outro à comunidade e, ainda, que a vida caminha no seu ritmo e independente da nossa vontade é preciso fazer acontecer, esperando o tempo certo para que cada coisa se concretize do jeito certo.
Com as lições diárias aprendemos aceitar que nas nossas vidas, tudo que acontece tem uma razão de ser, ali estar e quer queiramos ou não, com sabedoria é preciso saber administrar, pois, as coisas boas e ou ruins vão se concretizar, também passar e dar lugar a novos acontecimentos. Dessa forma, quando entendermos e adotarmos uma postura para não gastarmos tempo, energia e nem lamentarmos tanto, lutando contra o inevitável e focarmos na nossa missão, solução dos problemas que podemos resolver, passamos a criar condições para transformarmos nossas vidas e desfrutarmos dos belos feitos vivenciados, compartilhados e aprendidos. Sejamos, portanto, gratos, pois na vida recebemos somente bençãos e lições e tudo que importa nos possibilita crescer, desenvolver e realizar.

João Paulino é administrador de empresas, especialista em psicanálise clínica e personal coach. O e-mail de contato é o jpquartarola@terra.com.br.