A pandemia completou um ano no Brasil no último dia 12. De tudo que foi afetado nesse período, é possível dizer que a rotina de trabalho, que passou a ser em casa, foi uma das maiores. Agora, além de dividir a rotina no lar com outros afazeres domésticos, aulas online (para quem tem filhos), é preciso encontrar tempo também para as vídeochamadas e reuniões. Não à toa, a pandemia deixou os brasileiros mais ansiosos e estressados. Uma pesquisa feita pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) revela que 80% da população brasileira tornou-se mais ansiosa na pandemia do novo coronavírus.
Se aliar a rotina de trabalho com atividades domésticas, de lazer e de família é inevitável em tempos como esse, é possível unir todas essas coisas de uma forma mais leve, diminuindo o estresse e, de quebra, aumentando a produtividade. O workcation – união de duas palavras em inglês: “work” (trabalho) e “vacation” (férias) – são destinos e locais que unem infraestrutura para o trabalho com opções de lazer. Segundo Natasha de Caiado Castro, especialista em inteligência de mercado e marketing de experiências e CEO da Wish International, essa já era uma tendência antes mesmo das medidas para combater a pandemia, mas que no momento que vivemos se tornou ainda mais forte:
“Vivemos em uma era de nômades digitais. Aquela lógica de ir para a empresa, todos os dias, entre 9h e 18h, tem ficado cada vez mais para trás. Com o advento da tecnologia, conseguimos trabalhar de qualquer lugar do planeta e, empresas que apostam nesse tipo de formato, mostram confiança na atuação do funcionário, elevando sua autoestima no trabalho e, consequentemente, aumentando sua produtividade”, explica a especialista.
É claro que, em tempos de Covid-19, saber escolher o destino para trabalhar e relaxar, mantendo a segurança, é fundamental. Com isso, se houver condições financeiras, nada melhor do que optar pelo aluguel de espaços inteiros que, além de internet rápida, também tenha quintal e piscina para aproveitar com a família e manter o dia a dia do trabalho. Desta forma, o isolamento é respeitado e ainda é possível sair um pouco da rotina.
No último Web Summit, maior evento europeu que engloba tecnologia, inovação e atualidade, a CEO do Booking.com, Gillian Tans, revelou que apesar do setor de turismo estar enfrentando um período enfraquecido por conta da crise sanitária e econômica, há uma tendência de procura por destinos para se instalar e trabalhar em home-office.
Em plataformas de aluguel de apartamentos e casas, é possível escolher acomodações das mais variadas, desde espaços amplos e simples a casas com quintais repletos de árvores e playground para as crianças, sítios e chalés no meio da natureza com piscina e vistas maravilhosas. Tudo depende do quanto se pode investir.

“Muitos desses sites, inclusive, já estão adaptados para a workcation. Ou seja, é possível selecionar já pensando nas necessidades para esse tipo de viagem, como boa conexão de internet e iluminação, área específica para trabalho, etc. Em tempos de Covid-19, esta é a melhor escolha para sair um pouco da rotina, mas sem desrespeitar as medidas de segurança”, reforça a especialista.

Compartilhar no
Tendência cresce durante a pandemia e  aumenta produtividade