• Post Category:Agro

O setor da Agricultura está ainda nos primeiros passos de uma nova revolução, que inclui o uso de inteligência artificial, analytics, sensores conectados e outras tecnologias emergentes.

A afirmação foi divulgada através de um estudo da consultoria global McKinsey, A modernização vai permitir mais eficiência no futuro da agricultura, melhor uso da água e mais sustentabilidade e resiliência para os cultivos, segundo o estudo.

A agricultura viveu avanços significativos nos últimos 50 anos. A modernização dos maquinários permitiu ganho de escala e produtividade. Da mesma forma, a irrigação e os fertilizantes aprimoraram o plantio.

“Se a conectividade for implementada com sucesso na agricultura, o setor poderia gerar US$ 500 bilhões em valor adicional ao produto interno bruto global até 2030”, descreve o estudo.

Além disso, o abastecimento de água ficará 40% aquém do atendimento das necessidades globais, somado aos custos crescentes de energia e mão de obra que já pressionam as margens de lucro do setor e se vê um cenário desafiador.

“Mesmo nos Estados Unidos, um país pioneiro em conectividade, apenas um quarto das fazendas usa, atualmente, algum equipamento ou dispositivo conectado para acessar dados, e essa tecnologia não é exatamente de ponta, rodando em 2G ou 3G”, conclui a consultoria global McKinsey

Compartilhar no
Agricultura ainda engatinha na transformação digital