O governador João Doria (PSDB) anunciou, nesta segunda-feira (4), a obrigatoriedade do uso de máscara em todo o estado por pessoas que circularem em espaços públicos, a partir de quinta-feira (7).

De acordo com o Governo do Estado, a regulamentação caberá às prefeituras, que definirão a fiscalização e a aplicação de penalidades a quem desobedecer a medida.

“A partir de hoje já passa a valer a obrigatoriedade do uso de máscaras em todos os meios de transporte público e privado e agora estendemos isso a toda população, com o objetivo de proteger os brasileiros de São Paulo, para que tenham menos possibilidade de serem infectados ou irem a óbito”, afirmou Doria.

A medida será publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (5) e está alinhada com as ações do Governo do Estado de São Paulo para frear o ritmo de contaminação da Covid-19.

O Jornal D Marília acionou a Prefeitura de Marília que informou que não se posicionará sobre a medida, mas seguirá a recomendação do governador João Doria. A medida é mais uma ação que deve ser incorporada na cidade para frear a disseminação do novo vírus.

Na última sexta-feira, dia 1º de maio, o presidente da Câmara Municipal, Marcos Rezende (PSD), já havia cobrado o prefeito Daniel Alonso (PSDB) sobre uma medida que obrigasse o uso das máscaras de proteção no transporte coletivo, tanto por funcionários quanto para os usuários autorizados a utilizar o serviço.

O pedido foi realizado durante a tradicional live do prefeito após a reunião do Comitê de enfrentamento contra o Covid-19.

A reportagem também acionou a AMTU (Associação Mariliense de Transporte Urbano de Marília) em relação ao impacto da medida e como funcionará a fiscalização, mas até a publicação nenhuma resposta foi obtida.

Compartilhar no
Governo de SP determina uso obrigatório de máscaras em todo o estado