Filmes como Esqueceram de Mim viraram uma tradição para todo mundo. Essa época traz risadas e choros emocionados para os amantes de boas histórias cinematográficas natalinas

O Natal é mesmo uma das melhores épocas do ano para o cinema, muitas produções incríveis são lançadas neste período. Dos mais específicos e fiéis ao espírito natalino até as comédias e aventuras que envolvem a temática, os filmes conseguem agradar todos os tipos de público.
Por isso, o premiado cineasta Daniel Bydlowski fez uma lista com alguns dos clássicos e, claro, as novidades de 2020, para fazer uma maratona digna do bom velhinho! Porque afinal, este pode não ter sido um bom ano, mas que o Papai Noel sempre chega para a sétima arte, isso é um fato!
Primeiro vamos começar pelos clássicos que sempre valem à pena ver de novo!

Expresso Polar: se tem algo que os filmes de Natal fazem com maestria é passar a mensagem de esperança, e nenhum fez isso tão bem quanto Expresso Polar. Lançado em 2004 o longa foi um combo bombástico de sucesso. Uma superprodução, atores incríveis (Tom Hanks e Josh Hutcherson) e o roteiro inspirado no livro infantil de Chris Van Allsburg,

Esqueceram de mim: nada mais revigorante do que relembrar os tempos áureos de Macaulay Culkin como astro do cinema. A série de filmes em que o garoto é esquecido pela família e usa incríveis artimanhas para se defender de dois bandidos interpretados por Joe Pesci e Daniel Stern. O Natal não é o mesmo se não assistir esse clássico.

Grinch: o vilão que odeia, mas que nós amamos! Esse filme tem duas incríveis adaptações, a estrelada por Jim Carey e a animação 3-D, ambas apresentam a história do rabugento personagem Grinch, que além de odiar o espírito natalino faz de tudo para acabar de uma vez com as festividades da cidade e dos moradores, nada convencionais.

Agora, vamos às novas produções!

Natal com Dolly Parton: um musical não pode faltar nesta época do ano. Regina Fuller, rica e desagradável, retorna até a pequena cidade em que nasceu para despejar todos de um terreno que é sua herança e vender à uma construtora de shoppings. Mas a conexão com um antigo amor e seus conterrâneos pode mudar o rumo da história.

Noelle: após a morte do Papai Noel, sua filha toma conta do Natal e é abandonada pelo seu irmão um dia antes. A jovem faz desse universo uma fantasia incrível. E, claro, enfrenta muitas peripécias nas vésperas do Natal.

Tudo Bem no Natal que Vem: a comédia brasileira promete arrancar muitas risadas com o Leandro Hassum. O tradicional Natal brasileiro mostra o empurra-empurra das lojas, gritaria e confusão.

O cineasta brasileiro Daniel Bydlowski é membro do Directors Guild of America e artista de realidade virtual. Faz parte do júri de festivais internacionais de cinema e pesquisa temas relacionados às novas tecnologias de mídia, como a realidade virtual e o future do cinema. Daniel também tenta conscientizar as pessoas com questões sociais ligadas à saúde, educação e bullying nas escolas. É mestre pela University of Southern California (USC), considerada a melhor faculdade de cinema dos Estados Unidos. Atualmente, cursa doutorado na University of California, em Santa Barbara, nos Estados Unidos. Recentemente, seu filme Bullies foi premiado em NewPort Beach como melhor curta infantil, no Comic-Con recebeu 2 prêmios: melhor filme fantasia e prêmio especial do júri. O Ticket for Success, também do cineasta, foi selecionado no Animamundi e ganhou de melhor curta internacional pelo Moondance International Film Fes

Compartilhar no
Do clássico ao novo, o que esperar do Natal?