Mais de 500 policiais civis e militares estão afastados com suspeita ou diagnóstico de coronavírus no estado de São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), dos 112.913 profissionais efetivos das polícias do Estado, 0,5% está afastado por suspeita ou diagnóstico de coronavírus.

São, aproximadamente, 564 policiais. A Polícia Militar informou que, do número total, 438 são policiais militares afastados.

A SSP informou, por meio de nota, que todo policial com suspeita ou diagnóstico do COVID-19 está devidamente afastado, conforme orientações do Comitê de Contingência do coronavírus.

De acordo com a SSP, o afastamento é uma orientação do Comitê de Contingência do Coronavírus. O quadro clínico dos profissionais afastados é acompanhado pela instituição.

A pasta também informou que tem adotado todas as medidas necessárias para garantir a proteção acerca do coronavírus, como aquisição e distribuição de novos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), máscaras e luvas, para os servidores e agentes de segurança.

O atual efetivo das polícias do estado de São Paulo é 112.913. Neste momento, 0,5% do efetivo das polícias do Estado está afastado.

SP confirma mais de 500 policiais afastados por suspeita de covid-19