Mais uma vez o comércio e o shoppings centers terão que fechar para o público. A medida entra em vigor a partir desta terça-feira (28). A mudança ocorreu após a Prefeitura de Marília receber a notificação do Supremo Tribunal Federal (STF), que aconteceu nesta segunda-feira, dia 29.

O prefeito Daniel Alonso (PSDB) comunicou que obedecerá a classificação do Plano São Paulo, iniciativa do Governo Estadual, que coloca a cidade na fase 2 (vermelha). Nessa classificação apenas os serviços essenciais (indústria e construção civil) podem continuar funcionando, mas seguindo todas as recomendações de higienização e distanciamento social.

“Estaremos lutando de todas as formas para que nossa cidade volte ao normal ou o mais próximo do normal. É uma decisão que vem do STF, a última instância. Se tivéssemos como recorrer nesta ação com certeza estaríamos recorrendo”, disse o prefeito.

Conforme Daniel Alonso, sua equipe jurídica buscou de todas as formas reverter a suspensão da liminar que dava autonomia para que o prefeito classificasse a cidade nas fases do Plano SP.

“Fomos notificados às 9h06 da manhã de segunda-feira. Tentamos uma agenda com o próprio ministro Luiz Fux e temos outras ações em andamento no Tribunal de Justiça (TJ-SP), a expectativa era que uma dessas ações em curso pudesse ter êxito para conseguir manter Marília na fase 3, mas não ocorreu”, lamentou o chefe do Executivo.

Mais uma vez, o prefeito vai a São Paulo para tentar flexibilizar as regras de quarentena na cidade. O encontro com o governador João Doria (PSDB) ocorrerá nesta terça-feira em mais uma reunião do Centro de Contingenciamento do coronavírus na Capital. O D Marília acompanha todas as novidades do Covid-19 na cidade e no Estado.  

Casos de Covid-19

A Secretaria da Saúde confirmou nesta segunda-feira (29) mais 11 casos do novo coronavírus. Atualmente, a cidade tem 360 casos positivos, sendo 62 pessoas em fase de transmissão da doença. Outros 286 são considerados curados da doença.

Em relação às mortes, 12 marilienses morreram pelo coronavírus e uma morte está sendo investigada.

A taxa de internação continua alta. São 34 marilienses internados, sendo 11 casos confirmados e outros 23 aguardando resultados do exame. Os casos suspeitos chegaram a 462 casos.

Compartilhar no
Comércio e shoppings fecham a partir desta terça-feira